Case da Tegma

Eficiência, Redução de Custos e Gestão Preventiva

Escrito por: Maria Marta Cursino

set 14, 2020

14/09/2020

Tradição aliadas às novas tecnologias

Com mais de 50 anos de atuação no mercado, a Tegma é um dos maiores operadores logísticos do Brasil, sendo líder no setor de transporte de veículos zero-quilômetro.

Objetivos do projeto:

  • Aumentar eficiência no processo de controle de qualidade de carretas e cavalos.
  • Reduzir tempo de indisponibilidade da frota.
  • Implementar rastreio e gestão preventiva de manutenção.

Como a Tegma entrou em uma nova era em sua gestão de frotas

Como parte do processo de qualquer transportadora, antes da Rabbot a prática usual era registrar em papel os checklists e o fluxo de entrada e saída de caminhões nos pátios. No entanto, nesse modelo operacional – com utilização de pranchetas, papéis, planilhas de Excel e registros manuais em sistemas legados que em nada ajudam a prevenir o processo de controle de qualidade dos ativos da empresa – os erros e a sensação de impotência na resolução dos problemas é a regra. E com a necessidade de escala, do envolvimento de um maior número de frota, de operações maiores e do aumento da competitividade do mercado, torna-se cada vez mais urgente pensar em um novo modelo. 

Hoje a Tegma utiliza a metodologia Rabbot para orquestrar sua operação em gestão de frota, automatizando processos estruturados a partir de checklists digitais inteligentes e elevando o modelo operacional para um patamar de eficiência de 9 a 15 vezes maior, além de substituir o modelo anterior – baseado em planilhas de Excel, checklist em papel e uso manual de sistemas e softwares legados – por softwares que utilizam robôs e tomadas de decisão automatizadas.

Automação e velocidade nas tratativas

A implementação de uma ferramenta como a Rabbot torna possível que mais de 350 itens sejam analisados de maneira automatizada e totalmente digital. Isso inclui checklists de entrada e saída no pátio, verificação de avarias na carga, controle de qualidade da carreta e de cavalos, teste de opacidade, ruído, homologação de novos equipamentos, entre outros.

Dessa maneira, os dados passam a ser integrados em sistemas legados como um ERP, enviando informações em tempo real de situações e tomadas de decisões que antes não podiam ser avaliadas com tanta velocidade e eficiência.

Automatizar o processo e criar um novo modelo operacional permite que se trabalhe na exceção. Em caso de anomalia em uma carreta ou carga, as informações, ao serem organizadas automaticamente, geram visibilidade e agilidade na gestão, o que possibilita também evitar avarias de cargas, sinistros e perdas no processo, bem como a redução significativa de problemas relacionados à indisponibilidade de frota.

Como a solução Rabbot tem ajudado a Tegma na gestão preventiva

Como em toda operação e gestão de ativos, conseguir identificar as variáveis que prejudicam a vida útil do caminhão de maneira a contribuir para a tomada de decisão antecipada colabora com economia de tempo, eleva o nível de disponibilidade da frota, garante a qualidade de entrega do serviço para clientes e reduz custos.

Em uma nova era de gestão de frota, informação e tecnologia, é humanamente impossível tratar todos os dados para tomadas de decisão sem contar com softwares de Intelligent Process Automation (IPA) para garantir máxima eficiência e otimização dos custos.

Conseguir coletar os dados e organizá-los digitalmente, bem como automatizar a distribuição de tarefas e identificar problemas e tendências de maneira antecipada, ajudou a Tegma a otimizar seus custos em até 3 vezes – redução que permitiu ampliar investimentos para garantir ainda mais qualidade na entrega de seus serviços a seus clientes.

 

sistema de gestao de frotas e manutencao com kanban rabbot

“Hoje temos mais de 80 robôs ligados e é possível garantir eficiência e velocidade na identificação e correção de anomalias de processos que antes duravam horas e agora levam minutos.”

Adriana Lopes, Responsável Operacional pelo Projeto na Tegma

“É como lá atrás, quando tivemos que sair da máquina de escrever para o computador, da internet discada para a internet de alta velocidade que temos hoje.”

– José Carlos, Coordenador de Inovação da Tegma

“Hoje temos mais de 80 robôs ligados e é possível garantir eficiência e velocidade na identificação e correção de anomalias de processos que antes duravam horas e agora levam minutos.”

Adriana Lopes, Responsável Operacional pelo Projeto na Tegma

Artigos relacionados

A Transformação Digital dentro das transportadoras

A Transformação Digital dentro das transportadoras

Case da TSJComo a TSJ Transportes tem driblado obstáculos utilizando a metodologia Rabbot Muito tem se questionado a respeito do cenário pós-pandemia, quando o período de distanciamento social acabar. Caminhamos rumo ao próximo normal – um normal que provavelmente não...

Rabbot Talks Cases: José Carlos, Tegma Gestão Logística

Rabbot Talks Cases: José Carlos, Tegma Gestão Logística

Hoje trazemos para vocês a 1ª edição do nosso Rabbot Talks Cases, um bate-papo entre nosso CEO, Bruno Pelikan, e líderes que fazem acontecer dentro das empresas em que trabalham, justamente por sempre buscarem trazer inovação e novas maneiras de alcançar resultados...

Nenhum resultado encontrado

A página que você solicitou não foi encontrada. Tente refinar sua pesquisa, ou use a navegação acima para localizar a postagem.

Fique por dentro de tudo o que é inovação em gestão de frotas!

Cadastre-se em nossa newsletter. 

Share This