O diário de bordo do motorista é uma ferramenta de grande importância. Entretanto, muitas pessoas ainda não sabem como fazer o melhor controle.

Neste artigo, vamos passar algumas dicas úteis de como fazer um diário de bordo do motorista de modo a diminuir o máximo possível as imprecisões do processo. E se você não estiver por dentro do que se trata o diário de bordo de motorista, explicaremos detalhadamente a que se refere esse diário e sua importância.

Sem dúvida, ao final do artigo, você estará bem informado sobre o tema, além de conhecer ferramentas interessantes que certamente proporcionarão melhor produtividade e segurança.

Pronto para saber mais a respeito de diário de bordo do motorista? Então, prossiga na leitura!

O que é o diário de bordo do motorista?

Pelo nome, parece ser algo relacionado a anotações de viagens feitas pelos motoristas de caminhões. Não se trata de uma percepção equivocada. Contudo, certamente não se trata de um livro de memórias. Ao menos um com objetivos literários.

O diário de bordo para motoristas diz respeito a um controle de informações. Um livro de registros sobre as atividades exercidas pelos motoristas, principalmente no que se refere a horários.

Por exemplo, qual o tempo total de direção do motorista em um dia, uma semana, um mês? Para se ter essa informação, certamente precisa-se anotar os horários de início e encerramento de atividade no volante. O mesmo quanto ao tempo de descanso, refeição, espera etc.

Imagine um piloto de avião informando para os passageiros o momento de partida e de aterrissagem nas paradas obrigatórias. Ele certamente nada mais faz do que um relato de bordo. O princípio, sem dúvida, é o mesmo no caso dos motoristas.

No entanto, eles registram horários em sistema de coleta de informações e não comunicam algo a alguém, a não ser na hora de repassar suas anotações a seus superiores.

Lei do Motorista

Fazer um diário de bordo do motorista não é algo opcional, é uma obrigação imposta por lei. Mais especificamente, Lei nº 13.102/2015, conhecida como Lei do Motorista.

Essa lei define e regulamenta a jornada de trabalho e o tempo de direção do condutor profissional, seja de transporte de carga ou de passageiros.

Ou seja, a lei calcula um total de horas a se cumprir pelos profissionais do asfalto, no caso, de caminhões. Caso essa carga horária seja descumprida, as empresas sofrerão punições.

Esse zelo para com a carga horária se deve à conclusão de que esse tipo de profissional, não gozando do melhor de suas condições, representa um risco não só para si, mas para todos no trânsito.

Como muitos acidentes em razão de cansaço, estresse e outros problemas com origem nas jornadas excessivas de trabalho vinham ocorrendo, se elaborou a referida lei.

Portanto, o controle da jornada de trabalho é um direito do motorista e um dever de seu empregador.

Veja em mais detalhes o que a Lei do Motorista determina:

  • Jornada de trabalho limitada a 8 horas diárias. Ela pode ser aumentada por mais 4 com pagamento de hora extra;
  • Tempo de direção não deve ser maior que 5 horas sem pausa;
  • O motorista terá direito de descanso por 11 horas a cada 24 trabalhadas;
  • Considera-se como tempo de trabalho o período no volante a serviço do empregador. Tempo de espera, descanso, e refeições não são considerados tempo de trabalho;
  • O tempo de espera se refere ao momento que o motorista aguarda a carga e a descarga do caminhão;
  • Mover de veículo durante o tempo de espera não é considerado jornada de trabalho;
  • Todo empregador tem o dever de fornecer seguro contratado aos motoristas em caso de acidentes e morte natural durante o exercício do trabalho.

O uso do diário de bordo do motorista

Afinal, onde entra o uso do diário de bordo para motorista de caminhão? O diário serve para fazer o controle de tempo no volante, em espera, descansando, etc, para garantir que as obrigações impostas pela lei sejam cumpridas.

O diário é uma segurança tanto aos empregados como aos empregadores quanto à obrigação de deveres e usufruto de direitos.

Tipos de diários de bordo

Não há uma obrigação que esse controle seja feito em papel impresso ou por sistema eletrônico, mas, sem dúvida, o modelo impresso é o mais usado. Certamente em razão de sua comodidade e acessibilidade, porém há um motivo a mais.

O diário de bordo para motorista carreteiro impresso costuma ser melhor aceito juridicamente em processos trabalhistas. Isto porque nesse modelo fica a cargo do próprio motorista informar os seus horários. Isso, sem dúvida, evita contratempos em relação a falhas tecnológicas ou exclusão de dados.

Contudo, a versão em papel não deixa de apresentar fragilidades que também podem colocar em xeque as informações coletadas.

A versão digital, por sua vez, que diz respeito a sistemas de monitoramento eletrônicos, fornece muito mais precisão na coleta de dados e agilidade na execução de cálculos.

Diário impresso

Vantagens

Algumas das vantagens certamente já foram citadas, como a melhor recepção da parte jurídica e custos de implantação módicos.

Outra das vantagens se refere à praticidade. As planilhas impressas podem ser facilmente guardadas. Como são finas, cabem em diferentes tipos de compartimentos e até bolsos. No entanto, precisa-se ter cuidado para não tornar o material ilegível.

Outra vantagem se relaciona ao uso propriamente dito. Qualquer pessoa que saiba ler e escrever será capaz de usar o diário de bordo de motorista. Não se faz necessário aprender a usar uma nova tecnologia para fornecer e coletar dados referentes às atividades de trabalho na estrada.

Desvantagens

Contudo, apesar dessas vantagens, o diário de bordo manual para motorista tem seus pontos fracos. Um deles diz respeito à proteção dos registros.

O material impresso está mais sujeito a ser exposto a líquidos, por exemplo, ou sofrer cortes e rasgos. Ainda corre-se o risco de perder as anotações por distração na estrada, ao trocar de roupa, além de oferecer menos entraves para ser furtado.

Além disso, há problemas de natureza jurídica, como a questão das informações errôneas. O que viria a ser isso em um diário de bordo para motorista de caminhão?

Seria o preenchimento de formulário com informações falsas, horários inventados por questão de esquecimento ou com a intenção de adulterar os registros.

As informações falsas nos registros ocasionam gastos desnecessários, como pagamento de horas extras sem necessidade, o que pode levar a contestações em âmbito jurídico.

O que também costuma gerar problemas de ordem judicial é o fornecimento de dados que indicam jornadas invariáveis. Cabe de novo perguntar: o que viria ser a jornada invariável em diário de bordo para motorista carreteiro?

É a jornada que apresenta os mesmos horários de entrada, saída, descanso, todos os dias. Ou seja, o cidadão, durante um mês ou mais, teria começado o trabalho exatamente no mesmo horário todos os dias. O mesmo quanto às pausas para o descanso/saída.

Por mais pontual que uma pessoa possa ser, é praticamente impossível conseguir, por semanas, repetir os mesmos horários. Quando isso aparece expresso em papel, no diário de bordo do motorista, a justiça costuma invalidar os registros.

Além do mais, a versão em papel costuma dificultar na hora dos cálculos. Imagine, por exemplo, a hora extra. Para calcular, será preciso recolher todos os registros de todas as jornadas feitas no mês e somar uma a uma.

Diário digital

A versão digital se trata de uma solução tecnológica. Usa de sistemas eletrônicos, computadorizados, para auxiliar no registro de diário de bordo de motorista.

O mais simples são as planilhas online de preenchimento de dados. No entanto, apesar de fornecerem praticidade e maior segurança, ainda assim podem ser imprecisas, adulteradas.

Uma solução tecnológica mais eficaz e segura são as ferramentas de gestão de frotas. Essas ferramentas permitem acompanhar, no mapa, quais veículos estão ligados, em quais locais se encontram, por quanto tempo estão parados, etc.

É como um GPS eletrônico que registra e passa informações em tempo real. Instala-se o equipamento configurado em uma central no veículo e este monitorará todas as ações realizadas no transporte.

Vantagens

As principaiss vantagens do diário de bordo para motorista na versão digital são:

  • Maior precisão da coleta de dados;
  • Mais facilidade para fazer cálculos;
  • Maior controle da frota;
  • Mais facilidade para fazer planejamento;
  • Maior segurança.

Quanto a esse último, o aumento da segurança se explica por causa do rastreamento constante e em tempo real. Desse modo, a identificação de situações de risco ocorre de maneira muita mais rápida. Isso, sem dúvida, facilita para entrar em contato com a polícia e evitar roubos ou até recuperar cargas.

A versão digital do diário de bordo para motorista de caminhão pode apresentar falhas operacionais, de instalação, atualização, sofrer danos, etc. Contudo, o histórico de problemas é baixo e as vantagens costumam compensar eventuais problemas.

Dicas para fazer o melhor diário de bordo do motorista

Vimos acima as vantagens e desvantagens dos modelos disponíveis de diário de bordo para motorista carreteiro e outros tipos. Qual seria o mais indicado para se fazer o melhor diário de bordo possível? Impresso ou digital?

Você não precisa ter que optar por um ou por outro. Você pode adotar os dois modelos para garantir um diário de bordo eficiente e prático. Um não exclui o outro, pois, como dito anteriormente, ambas as opções são válidas.

O que recomendamos: adote ferramentas digitais de gestão de frotas para ter mais eficiência e praticidade. Eficiência tanto no registro de atividades quanto para os cálculos de horas trabalhadas e de pausa. Praticidade para poder fazer o planejamento de jornadas tendo como base os horários anteriormente registrados pelo sistema.

Contudo, para garantir melhor acolhida da esfera judiciária em eventual processo jurídico, recomenda-se orientar os motoristas a anotarem os seus horários em um diário à parte, ou seja, em um diário de bordo impresso.

Como o sistema eletrônico não demanda nenhum trabalho adicional aos motoristas, eles precisam apenas ligar o sistema ou o veículo para que comece a registrar as atividades. Manter uma rotina de anotações à parte não mudaria em nada a rotina deles.

Portanto, fica como recomendação: se puder investir em ferramentas de gestão de frotas, como a Rabbot, invista, pois certamente trará muitas facilidades.

No entanto, mantenha a cultura de formulários impressos, não soma em trabalho e nem muito em custo, além de fornecer mais garantias.

Fazendo o diário de bordo da jornada do caminhão com a Rabbot

A Rabbot é uma plataforma completa de gestão de frotas (caminhões, carros, motocicletas, etc). Em outras palavras, não somos uma plataforma de RH, ou seja, não permitimos o gerenciamento do motorista, mas sim de seu diário de bordo considerando a hora que ele aponta o checklist de início e final de ciclo.

Por meio de nossos checklists personalizados, você pode fazer a gestão do caminhão com grande facilidade.

Alguns dos pontos que podem ser tratados através do software da Rabbot são:

  • Saber se o caminhão precisa ou não de manutenções;
  • Fazer o gerenciamento de pneus com base na quantidade de quilômetros rodados;
  • Registrar horários de entrada e saída de motorista;
  • Saber os processos diários executados pelo motorista;
  • Criar um canal de comunicação entre motorista e gestor dentro de uma plataforma especializada;

No software de gestão de frotas da Rabbot, é possível fazer uma gestão completa da jornada do caminhão.

Certamente, poder unir todas essas ferramentas de diário de bordo do motorista em um só local proporcionará o grau máximo de eficiência, pois além de garantir o cumprimento das obrigações impostas por lei, ainda fornecerá condições de evitar gastos para reparar perdas e compensar eventuais atrasos.

Além disso, você ainda pode contar com todos os outros recursos de gestão da Rabbot, que incluem vistorias, aberturas de sinistros e ordens de serviço, mudanças de turno, mobilização e desmobilização, status de atividades, inventários diversos e muito mais.

Para saber mais sobre o software da Rabbot, acesse nosso site. Se quiser, entre em contato com nosso time de especialistas para descobrir como tornar sua gestão de frotas ainda mais eficiente.

Gostou desse artigo sobre gestão de diário de bordo do motorista? Esperamos que você tenha entendido sua importância e que tenha percebido, na ferramenta da Rabbot, um excelente aliado. Estamos prontos para ajudá-lo em sua gestão!

Share This